Banho

by Alderia

/
  • Streaming + Download

     

1.
03:30
2.
02:51
3.
4.
03:32
5.
02:50
6.
03:45
7.
03:35

about

BANHO, um EP da Alderia.


Produzido por Alderia

Gravado por Diego Souza e Zé Cardoso no estúdio Ákarus - Manaus
Mixado e Masterizado por Moysés de Carvalho no estúdio Rainbug Multimedia - Florianópolis

Baterias gravadas por Beto Montrezol no estúdio Supersônico - Manaus

Capa por Otávio Tersi

Alderia é:

Diego Souza - baixo, voz, sintetizadores, programações
Viktor Judah - bateria, voz
Zé Cardoso - voz, guitarra, violão, percussões

credits

released September 23, 2016

tags

license

all rights reserved

about

Alderia Manaus, Brazil

Trio manauara de rock alternativo. Zé Cardoso, Diego Souza e Viktor Judah.

contact / help

Contact Alderia

Streaming and
Download help

Track Name: Detox
você apostou e não deveria
estava tão certa que eu ia perder
há luz além da porta, eu não tenho medo
você terá tempo pra entender

você apostou e não deveria
estava tão certa que eu ia perder
há luz além da porta, eu não tenho medo
você terá tempo pra entender

e o quê que vai me dizer
quando olhar nos meus olhos
e eu não sentir qualquer fome
quando apagar o endereço
e confundir o telefone
eu pagarei o teu preço
mas vou esquecer o teu nome

cantando eu me livro dessa intoxicação
que sem pena você plantou no meu coração
e o tempo é o que eu preciso pra me ver livre de você
quem sabe algum dia eu te encontro sem querer

e o quê que vai me dizer
quando olhar nos meus olhos
e eu não sentir qualquer fome
quando apagar o endereço
e confundir o telefone
eu pagarei o teu preço
mas vou esquecer o teu nome
Track Name: Acelerar
hoje à noite eu quero te levar
pra ver as luzes da cidade
eu, você, a estrada e as estrelas
enquanto dorme toda maldade

o vento sopra contra o rosto
inflando a nossa juventude
quero provar o teu gosto
até que o sol se acorde

me veio agora um estranho pensamento
que nesse exato instante, num preciso movimento
a vida deu um jeito pra eu encontrar você

a madrugada, abrigo de quem ama
de quem deseja mudar o mundo
vem celebrar essa ideia insana
como se nos restasse só um segundo

me veio agora um estranho pensamento
que nesse exato instante, num preciso movimento
a vida deu um jeito pra eu encontrar você
Track Name: Vinte e Tantos Anos
minha barba branca denuncia
que já me passaram tantos dias
e sinto como se minha vida
ainda fosse começar

eu nasci com pressa e sempre tive
uma bala de canhão em queda livre
digo não à gravidade, eu sou mais leve que o ar

ouvi dizer que o tempo não negocia
mas morte é também só uma palavra
é que agora não a conheço
e quando a encontrar será o avesso
eu que já não serei nada

talvez sejam meus vinte e tantos anos
mas sinto forte o cheiro do futuro
pego o trem daqui pra frente
lá onde a gente ainda será

como se um viajante numa noite de inverno
que protege consigo a chave das portas do inferno
me aguardasse com um segredo
o que há de nos iluminar

não temo a minha carne envelhecida
mas que ela toda tatuada
por cada ruga que me fez
olhar com atenção mais uma vez
a beleza da estrada
Track Name: De Nós
tudo bem se você me deixar
eu não vou ligar
tudo bem se você não me quer mais
eu não vou me importar

tudo bem se você deixar o quarto como está

eu não vou ligar de madrugada só pra ouvir a sua voz
eu não vou remoer o que poderia ser de nós

tudo bem se você mentir pra mim
você só quer me proteger
tudo bem se o destino é maior
eu sempre preferi ficar só

tudo bem se você deixar as contas pra eu pagar

eu não vou sentar na cama olhando a sua foto e chorar
não vou sair na rua procurando algo pra me acalmar
Track Name: Pessimista
teus quadris varrem todo pessimismo
basta que os teus pés lisos
me convençam de que não

minha ruína foi quando te vi dançar
acabei por me descuidar
da minha fama de durão

bem ali eras a própria ficção
havia música e escuridão
e com os diabos roubaste a cena

flutuando como um dente de leão
fez-se filme em pleno vão
num só take de cinema

nem o mais pessimista dos mortais
poderia ignorar
todo olhar te pertencia

te exibindo como só a luz do dia
tua grande covardia
meu amor ali nascia
Track Name: Particular
meus sapatos já não cabem os meus pés
ou foram os meus calos que cresceram
tanta gente, tantas ruas
o mesmo sol
que me acompanha
e me evita a completa escuridão

quanto tempo eu ainda hei de andar?
eu que nunca precisei de um radar
me vejo agora à sombra dos astros
esperando algum pra me guiar

eu que sou meu deus
não posso parar
devo continuar além do que me dizem pra enxergar

minha oração
vai achar dentro de mim
o sopro do dragão que manterá meu peito em brasa até o fim

o segredo disso tudo deve estar ali
na minha estante, em algum livro que eu não li
ou nos braços matinais de uma qualquer
nos tempos que o amor se dissolve no café

sobre o medo de meu tempo acabar
no minuto que eu decidisse arriscar
caminhante, cada estrada
só é feita quando andada
o caminho é particular

eu que sou meu deus
não posso parar
devo continuar além do que me dizem pra enxergar

minha oração
vai achar dentro de mim
o sopro do dragão que manterá meu peito em brasa até o fim
Track Name: Banho
eu preciso de um banho
pra me limpar do que aconteceu
você precisa de um banho
com o veneno que você me deu

destilado num copo de cristal
a vida te ensina a lição que você precisa
o mundo vai girar
e você ainda vai se ferrar

eu preciso de um banho
que dessalgue a pele e a visão
deus sabe a gravidade e o tamanho
do mal que você causou ao meu coração

eu vejo na borra do café
você num quarto escuro sem saber o que aconteceu
o mundo se moveu
e o mal que propagou em minha direção
explodiu feito bomba em tua mão